• Palato

Conheça as diferenças entre os tipos de rolhas

Atualizado: 30 de set. de 2021


O inverno tem muitas características e uma delas é aproveitar aquela taça de vinho bem elegante, não é mesmo? Aliás, quando pensamos em vinhos, logo imaginamos as rolhas que tampam as garrafas e conservam bebida. Mas você sabia que cada tipo de rolha tem as suas características? Vamos te explicar logo abaixo. Confira!


Tempos atrás, a única tampa que vedava os vinhos eram as rolhas feitas de cortiça. E muitas pessoas até guardavam essas rolhas como artigo de coração em recipientes com muitas delas. Porém, o mercado foi buscando inovações e hoje existem outros tipos de vedações.

Rolhas de cortiça


É um material natural, extraído da casca do sobreiro ou do carvalho, muito comum em Portugal, país responsável pela maior fabricação de cortiças do mundo. Tem bastante longevidade, aderência, elasticidade e permeabilidade, as rolhas de cortiça impedem que o liquido entre em contato com o oxigênio.


Rolha maciça


Uma opção de melhor qualidade. Quanto mais larga, longa e elástica for a rolha, melhor para que ela tenha firmeza e consiga vedar a boca da garrafa.


Rolha de champagne


Tem duas partes diferentes, a parte de cima mais arredondada. A parte superior é feita de aglomerado de cortiça, sendo mais rígida, para que seja possível puxar a rolha com a mão. A parte inferior é feita de rolha maciça.

Rolha sintética


Um tipo de rolha que têm o valor mais acessível. Não estão vulneráveis à contaminação por TCA e permitem que o vinho seja armazenado em pé. Porém, a durabilidade e a vedação ainda não são comprovadas.


Rolha de Vidro


As rolhas de vidro são completamente diferentes. Não tem sabor e não tem cheiro, evitando qualquer interferência no aroma do vinho. Tem boa vedação (através de um anel de silicone), impedindo o contato do liquido com o oxigênio.