• Palato

Ícone ou vilão: conheça a origem do ketchup

Esse ingrediente é um ícone da cultura americana e alguns não o consideram assim tão necessário à gastronomia, mas há controvérsias. Que ele é o queridinho da criançada, todo mundo sabe. É muito usado no preparo de bases de molhos, em acompanhamentos, na batata frita... Quer conhecer um pouco sobre a origem dessa iguaria que é cheia de reviravoltas?



A receita como conhecemos hoje é nova, data do século 19, mas o que pouca gente sabe é que a base desse molho é oriental. Foram os chineses que inventaram, na antiguidade, o ke-tsiap, molho à base de vinagre e frutos do mar. Depois de se popularizar no oriente, a ideia chegou à Inglaterra, com um preparo semelhante ao oriental, mas adicionando-se cogumelos, ostras, pepinos e nozes. Inclusive, dizem que era a receita favorita da escritora Jane Austen, autora de Orgulho e preconceito.


Uma das primeiras receitas a incluírem o tomate como ingrediente surgiu em 1804, no livro de receitas do americano Alexander Hunter, preparo que, rapidamente, ficou famoso nos Estados Unidos, pois foi com essa base que H. J. Heinz criou o ketchup como conhecemos hoje, em 1872, vendendo o "novo molho" em uma barraquinha na Filadélfia.


De lá pra cá, grandes marcas surgiram com a sua versão do molho que já ganhou o mundo. A Heinz continua fabricando diversos tipos de molhos e orgulha-se por ter em sua fórmula atual somente ingredientes selecionados e de altíssima qualidade.



E aí, você faz parte daqueles que colocam ketchup até na pizza? Visite-nos e escolha o seu favorito!