• Palato

Você sabe o que é blend?

Atualizado: 26 de Jul de 2019

O vinho é uma das bebidas mais famosas do mundo e, com certeza, uma das que mais se modificaram com o passar do tempo. Os processos de produção influenciam no sabor, na cor e no aroma dessa bebida. Localização geográfica, tipo de uva, de solo e de condição climática são só alguns dos pontos que podem distinguir os diferentes tipos de vinho.


Um vinho do tipo varietal, por exemplo, é aquele feito com, pelo menos, 80% de um único tipo de uva. Mas e o tipo blend? Você conhece? Para um vinho ser considerado "tipo blend", ele precisa ser originado da mistura de pelo menos três tipos de uva diferentes. Cada região pode utilizar diversas misturas! O renomado Bordeaux, por exemplo, é feito da mistura de alguns tipos de uva, como Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Petit Verdot, quatro das principais castas usadas nos blends feitos nessa região da Europa.

Muitos especialistas defendem que a arte de construção de um vinho que passou pelo processo de blend é milenar. É um trabalho minucioso e quase artesanal. Como o processo é feito com várias uvas - alguns rótulos têm até 14 tipos de uvas diferentes! -, o enólogo precisa ter conhecimento das misturas e características de aroma, de cor e de sabor depositados em cada rótulo.

O Monte da Caçada é um vinho regional Alentejano feito com três castas de uva: Alicante Boushet, Touriga Nacional e Syrah - esta última responsável pelo aroma incrível desse tinto. Além disso, esse vinho fica cerca de oito meses em barricas de carvalho francês e americano. Tem uma cor intensa, com aroma de frutos vermelhos e maduros, além de notas de especiarias. Harmoniza muito bem com pratos de carne e queijos.


Conheça alguns rótulos com blends premiados:



Funcken Hausen

Teor alcoólico: 14%

Temperatura ideal para consumir: 15 ºC